Foto: geralt/Pixabay

Frente ao mesmo mês do último ano, a atividade econômica subiu 2% em outubro. A projeção é do Indicador de Atividade Econômica (IAE), lançado nesta semana pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia.

O crescimento foi influenciado diretamente pelos serviços de informação, que aumentaram 8,4% em comparação a outubro do ano passado. Logo na sequência, vieram os transportes, com elevação de 7,2%, e a categoria outros serviços, com alta de 6,5%. Por outro lado, a indústria de transformação encolheu 4,9%, e o comércio recuou 3,3% na mesma comparação.

Com a premissa de ser divulgado mensalmente, o IAE pretende avaliar os movimentos da economia e servir para adiantar a temperatura esperada o PIB, porém sem estimar previsões para a economia. O foco é revelar o aumento ou a regressão da atividade econômica para basear a tomada de decisões pelo Ministério da Economia.

O IAE terá a relevância de ser somente o segundo indicador oficial a divulgar dados sobre a atividade econômica. Antes o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) era usado para fornecer dados de produção, de importações, de impostos e de subsídios sobre os produtos para estimar o desempenho mensal da agropecuária, da indústria e dos serviços, e agora terá a função dividida com o IAE.

Contato: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *