Foto: senivpetro/Freepik

A produção da indústria brasileira encolheu em oito dos quinze locais pesquisados em novembro em comparação a outubro, conforme dados da Pesquisa Industrial Mensal Regional (PIM Regional), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com novembro de 2020, houve retração em dez dos quinze locais analisados. Considerando o resultado acumulado em 12 meses, taxas positivas foram apresentadas em dez dos quinze locais apurados.

A produção nacional encolheu 0,2% em novembro em comparação a outubro, como já divulgado pelo IBGE no dia 6 de janeiro.

Na passagem de outubro para novembro, os destaques negativos ficaram com os encolhimentos observados em Amazonas (-3,5%), Ceará (-2,5%) e Rio de Janeiro (-2,2%), com Nordeste (-1,8%), Bahia (-1,7%), Espírito Santo (-0,9%), Paraná (-0,7%) e Pernambuco (-0,3%) a seguir. Já as melhores taxas positivas nessa comparação, foram em Mato Grosso (14,6%), Santa Catarina (5,0%) e Pará (3,5%), com Rio Grande do Sul (1,2%), São Paulo (1,0%), Minas Gerais (0,8%) e Goiás (0,1%) a seguir.

A produção industrial nacional regrediu 4,4% frente a novembro de 2020. Os principais destaques negativos, nessa comparação, são em Bahia (-15,7%), Amazonas (-13,0%), Ceará (-11,1%) e Região Nordeste (-10,5%). Na outra ponta, as maiores altas apresentadas são em Mato Grosso (28,0%), Espírito Santo (4,7%), Rio de Janeiro (4,6%), Pará (2,0%) e Rio Grande do Sul (1,4%).

A produção industrial de São Paulo, maior parque industrial do país, avançou 1% em novembro ante outubro. Em relação ao penúltimo mês de 2020, a produção industrial paulista retraiu 6,9%, acumulando elevações de 6,2% no ano e de 6,6% em 12 meses.

Contato: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *