Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Na semana em que completa um ano em operações, foram divulgadas novidades ao método de pagamento Pix. Segundo o anúncio feito pelo presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, a implementação deve ser viável a acontecer em médio prazo

Entre as novidades está a possibilidade de pagamentos instantâneos de compras em outros países e o Pix por aproximação. Sobre este segundo, o novo meio poderá ser utilizado para pagar passagens de ônibus, por exemplo. Há também outras funcionalidades do meio de pagamento sendo construídas, como operações sem conexão com a internet.

Ainda no fim do mês, atualizações como o Pix saque e Pix troco estarão disponíveis para uso. Os clientes que usufruírem da inovação poderão receber troco ou realizar saques em redes credenciadas.

O Pix entrou na vida do brasileiro de maneira cotidiana, como apontam alguns dados disponibilizados pelo BC:

  • 348,1 milhões de chaves Pix estavam cadastradas no sistema financeiro nacional no final do mês de outubro;
  • 104,4 milhões de brasileiros (62,4% da população) já haviam usado o sistema no período;
  • Já foram feitas mais de 7 bilhões de operações via Pix;
  • Essas operações somaram mais de R$ 4 trilhões;
  • No ranking de transações por idade, em primeiro lugar estão pessoas de 20 a 29 anos (34% do total) e em segundo lugar o público de 30 a 39 anos (31%).

Contato: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *