IBC-Br cresce 2,09% em 12 meses até julho

Foto: Freepik

A economia brasileira registrou crescimento de 2,09% no acumulado de 12 meses até julho, de acordo com o Índice de Atividade do Banco Central (IBC-Br). Este ano até o sétimo mês, a elevação é de 2,52%.

A estimativa atual do BC para a atividade doméstica neste ano é de expansão de 1,7%, segundo o último Relatório Trimestral de Inflação (RTI), que pode ser atualizada no fim de setembro.

O Banco Central também divulgou que o IBC-Br teve elevação de 0,89% no trimestre até julho frente aos três meses anteriores (fevereiro a abril), pela série ajustada sazonalmente.

Levando em consideração a comparação mesmo período do ano passado, ocorreu avanço de 3,56% pela série sem ajustes sazonais.

Também foi revisado pelo Banco Central dados de seu IBC-Br na margem, na série com ajuste. O IBC-Br de junho oscilou de aceleração de 0,69% para 0,93%, já o de maio foi de queda de 0,26% para contração de 0,27%. O índice de abril foi de -0,52% para -0,36%, enquanto o indicador de março passou de crescimento de 1,07% para 1,17%. O resultado do mês de fevereiro foi revisado de alta de 0,98% para 1,08%. No caso de janeiro, o índice foi de recuo de 0,59% para baixa de 0,58%.

(Redação: Victor Boscato – Supervisionado por: Fernanda Zambianco)

Contato: [email protected]