Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

De acordo com o boletim Focus, divulgado pelo Banco Central do Brasil (BCB) nesta segunda-feira (4), a projeção do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi ampliada para 8,51% em 2021, ante os 8,45% do último levantamento. Para o próximo ano, as estimativas também tiveram alta – de 4,12% para 4,14%. Em todos os cenários, o índice, tido como inflação oficial do país, já ultrapassou a meta a ser seguida pela autarquia para o ano corrente – de 3,75%, com tolerância entre 2,25% e 5,25% ao ano.

O relatório afirma também que a taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, deve terminar 2021 em 8,25% ao ano – com projeção de 8,50% em 2022. Já as estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) permaneceram estáveis em 5,04% e 1,57% para 2021 e 2022, respectivamente.

Em relação ao câmbio, o mercado projeta a moeda norte-americana em R$ 5,20 até dezembro, atingindo R$ 5,25 em 2022. Há um mês, as estimativas para o próximo ano estavam em R$ 5,20.

Emitido pelo BCB semanalmente, o boletim Focus fornece dados a partir de pesquisas com mais de 100 instituições financeiras, reunindo projeções do mercado para os principais indicadores da economia brasileira.

Contato: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *